Aparecida é a Nossa Senhora negra

postado por Cleidiana Ramos @ 3:00 PM
10 de outubro de 2009
Padre Marcos Studart, pároco da Paróquia do Imbuí, destaca as várias faces assumidas por Nossa Senhora, como Aparecida, conhecida como a "santa negra". Foto: Fernando Vivas| AG. A TARDE

Padre Marcos Studart, pároco da Paróquia do Imbuí, destaca as várias faces assumidas por Nossa Senhora. Foto: Fernando Vivas| AG. A TARDE

Na segunda-feira será comemorado o  Dia de Nossa Senhora Aparecida, proclamada pela Igreja Católica como padroeira do Brasil. Uma das características que mais chamam a atenção neste culto é a cor negra que caracteriza a imagem. A explicação de especialistas para este fenômeno é o tipo de argila com que ela foi fabricada, mas a simbologia do culto mariano, como é chamada a devoção a Maria, mostra que ela costuma assumir, em algumas situações, a face de um determinado povo que vive em estado de opressão.

“Podemos dizer que ela assume os muitos rostos dos seus filhos e nos faz lembrar daquela passagem do evangelho em que Jesus já na cruz diz ao seu discípulo João que ali está sua mãe e se virando para ela o aponta como seu filho. É um símbolo da importância que Maria teria na Igreja, pois João representa todos aqueles que formam a comunidade cristã”, explica o padre Marcos Studart, titular da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, localizada no bairro do Imbuí em Salvador.

Foi assim em Lourdes, França, quando ela assumiu características de camponesa e no México, onde Nossa Senhora de Guadalupe apresenta traços indígenas. No caso de Nossa Senhora Aparecida, que tem este nome porque a imagem foi encontrada nas águas por pescadores, um dos seus milagres, inclusive, é a   libertação de um escravo.

Conta-se que em 1850, um escravo chamado Zacarias passou em frente ao santuário de Nossa Senhora Aparecida. Ele seguia escoltado por um feitor e com os  pulsos atados por grossas correntes. O escravo pediu permissão para rezar diante de  Nossa Senhora Aparecida e, milagrosamente, as correntes caíram deixando-o  livre.

Por conta da sua cor, Nossa Senhora Aparecida,  costuma ser saudada como a “santa negra” ou “a santa morena”.  Esta devoção a Maria faz, todos os anos, com que milhões de pessoas se dirijam ao templo dedicado a ela, localizado em Aparecida, São Paulo, que é o maior centro mariano do mundo.

Esta face de Maria tão próxima do povo brasileiro foi bem destacada nas décadas de 70 e 80 quando a Igreja Católica da América Latina vivia os tempos da Teologia da Libertação. A “opção preferencial pelos pobres”, que incluía dentre os muitos listados, negros e indígenas, da Conferência Episcopal (reunião dos bispos) em Puebla, México, em 1979, promoveu ações de aproximação maior da Igreja com os movimentos populares.

Fruto desta Igreja Católica mais renovada são organismos como a Pastoral Afro, que tem conquistado vitórias como o diálogo com as religiões afro-brasileiras, uma ação importante para o combate à intolerância religiosa. Esta abertura católica começou com o Concílio Vaticano II, realizado de 1962 a 1965. Os concílios são reuniões da alta cúpula católica para discutir e tomar decisões sobre diversos temas incusive os que envolvem doutrina. Um dos resultados deste concílio foi a realização das missas nas línguas nacionais e não mais em latim e com o sacerdote com as costas viradas para o povo, como acontecia anteriormente.

Esta festa de Nossa Senhora Aparecida é, a meu ver, extremamente rica em simbologia. Lembro de uma música de Padre Zezinho, pioneiro como padre-cantor, que, ao falar de Nossa Aparecida, usava versos como estes:

“Virgem tão serena/Senhora destes povos tão sofridos/Patrona dos pequenos e oprimidos/Derrama sobre nós as tuas graças/’.

Para quem quiser acompanhar a festa católica em Salvador  têm missas no Imbuí às 9 horas, 12 horas, 15 horas, 17 horas e 18 horas. Esta última será seguida de procissão. Na edição de amanhã de A TARDE tem uma reportagem assinada por mim sobre estas  muitas faces de Nossa Senhora.

Tags: , , , , , , ,

16 Respostas to “Aparecida é a Nossa Senhora negra”

  1. arturo  Says:

    Tem innúmeras nossas senhoras negras na Europa, como la Mare de Deu de Montserrat, padroeira da Catalunha-Espanha- e a cor é debida ao deterioro do pigmento original de chumbo que tingia a pele de cor rosa e que com o tempo oscurece até ficar totalmente preto…

  2. Ricardo  Says:

    Bom e esclarecedor; A imagem sempre foi misteriosa para mim! e tb. náo sabia dos motivos pela substituição das missas em latim e de costas para aas pessoas.

  3. Isabel dias de Alencar  Says:

    É muito emocionante o milagre da liberdade do escravo.

  4. LUIZ AUGUSTO DA SILVA  Says:

    QUE NOSSA SENHORA APARECIDA PROTEJA-NOS DIANTE DE TODOS OS MALES E PERIGOS.

    LIBERTAIS O MUNDO, ASSIM COMO LIBERTASTEIS UM ESCRAVO, DAS GUERRAS E DE TODOS OS CONFLITOS PARA QUE HAJA A PAZ TÃO ESPERADA.

    A FÉ É O “ANTÍDOTO” CONTRA OS MALEFÍCIOS QUE ATINGEM AO CORPO E AO ESPÍRITO.
    QUE O MALÍGNO SEJA ARREMETIDO DO NOSSO PLANETA PARA UM ESPAÇO CÓSMICO, SEM QUAISQER RISCOS PARA O UNIVERSO

    SALVE NOSSA SENHORA APARECIDA, PADROEIRA DO BRASIL!!!

    COM RELIGIOSIDADE, UM ABRAÇO FRATERNO PARA TODOS.

  5. Leo  Says:

    Parabéns pela bela reportagem online e pela reportagem no jornal ontem

  6. António Ramos  Says:

    Como filha minha, foi para Salvador completar seus estudos, logo percorri a web para estar mais perto dela… lendo este Jornal e ouvindo a sua r+adio, quando estou a trabalhar, por aqui em Coimbra – Portugal.
    Como gosto de estar de bem, culturalmente, com o meu que me cerca, ao ler este artigo, sobre a Nª Srª da Aparecida, foi com tremendo gosto que o li, porquanto aumentei os meus conhecimentos.
    Obrigado Sr Jornalista

  7. sandro  Says:

    Nossa senhora quero te agradecer por tudo…..se não fosse á senhora na minha vida não sei
    o que seria de mim só Deus sabe…estou aqui para te agradecer é á Senhora sabe por que ………
    á minha fé moveu montanhas,moveu barreiras enfim….é á sua?quero desejar a´todos…paz,amor,honestidade,carinho,respeito….enfim um mundo cheio de paz e´amor…obrigado nossa mãe….

  8. Cleidiana Ramos  Says:

    Obrigada Leo!

  9. Róger  Says:

    Prezada Cleidiana, paz e bem.
    Gostaria de comentar que não só esta matéria mas todas do seu blog são muito bem elaboradas. É sempre muito bom ler seus textos pois além de claros são fonte de informação e formação.
    Obrigado e sucesso cada vez mais.
    Abraço.
    Fr. Róger

  10. gonzaga  Says:

    tambem fico feliz e me emociona muito a libertação do escravo.sou muito católico e tenho muita devoção por nossa senhora…….

  11. Cleidiana Ramos  Says:

    Caro frei Róger: é um prazer também tem como leitor alguém tão especial. E fique à vontade para colaborar também com a nossa seção Balaio de Ideia pois a sua área de atuação é muito interessante. Abraços, Cleidiana.

  12. lucilia almeida  Says:

    Muito boa a matéria sobre N.S.Aparecida. Já fui em Aparecida-SP, e vi de perto quanta fé as pessoas têm por esta Santa tão milagrosa. Eu fui na Igreja pagar uma promessa na qual fui atendida e me emocionei muito, fiquei deslumbrada com a grandeza e beleza do Templo, só vendo mesmo de perto. Obrigada minha querida mãe N.S.Aparecida! Quero voltar lá novamente em nome do Seu Filho Jesus Cristo. De parabéns ao jornalista que fez a matéria.

  13. Adalice Pedreira  Says:

    Nossa querida mãe,obrigada por sempre interceder junto ao pai
    pelos teus filhos sempre pequeninos necessitados de ajuda. Como
    todas as mães seus filhos são sempre iguais e carentes de afeto.]
    Mãe amada obrigada por tantas vitorias, assim como carregas teu filho
    nos braços, carregas tambem o meu que é SEU .

  14. Thiago  Says:

    Grande Gazeteira,
    Gostei das reportagens, apesar de ser suspeito em deixar recados na sua humilde coluna, digo, Blog. Apesar de ser um assiduo leitor de V.Sa nao poderia me furtar de deixar um afago nessa
    pessoinha de coracao imenso (do tamanho da nacao rubro-negra)……
    parabens e avante. ADSUMUS!!!!!

  15. Cleidiana Ramos  Says:

    Obrigada pelo carinho ainda mais vindo de um leitor tão especial. Abraços e avante sempre!

  16. Domingos Tavares Magalhães  Says:

    Obrigado pelas informações,nós católicos,em sua maioria,precisamos de conhecimentos embasados em fatos que testemunhem as fontes de nossas reverencias aos santos por nós
    admirados e clamados pelos exemplos de fé e dedicação a Nosso Senhor Jesus,seguindo seus ensinamentos e doando suas vidas
    para servir a Deus. Obrigado

    Lamento,mas pela primeira vez me comunico com este site ou qualquer outro para expressar minha modesta opinião.

Deixe seu comentário